domingo, 7 de fevereiro de 2016

Hibernação

As palavras estão ausentes
Elas adormeceram em minh'alma
Sigo caminhando, prossigo
Ergo os olhos para os céus, confio

Elas irão despertar (eu sei)
Ó ansiado alvorecer do poetizar!
Irá acontecer
Basta eu acreditar!


(Flavia Alves)













Nenhum comentário:

Postar um comentário