quarta-feira, 1 de julho de 2015

Amor, abrigo, amigo...

Entrelaçamos os dedos
...sob este sol amarelo
Ranger arqueiro
Guerreiro querido
Olhar aguçado
Zelo e carinho
...bem perto

É no seu calor-abrigo
...que encontro meu ninho e meu chão
Conversas eternas, sem fim
Tantos assuntos, silêncios mornos
Cumplicidade, amizade

Cheiro da pele
Toque
Luz e galáxias 
...nos olhares

Amor-abrigo
Amor-amigo
Amor


(Flavia Alves)





Nenhum comentário:

Postar um comentário