segunda-feira, 8 de dezembro de 2014

O outro


(poema de Carolina Magalhães)


Minhas certezas tento por no bolso
Quando com o outro me ponho a falar
Tento enxergar com os olhos da alma
Para aquele ser realmente encontrar

Tento entender como ele sente e pensa
E sinto, também, ao ouvi-lo falar
Tantas pessoas encontro no mundo
Cada uma é um mundo para explorar

Nem todo dia porém me atravessa
Algo que o outro me pôs a pensar
Algumas vivências vem do bolso pra boca
E o outro que possa, também, escutar

Nem todo mundo quero encontrar
Nem todo humano me inspira a calar
Tem dias também que escutar é tão duro

Que temos mesmo vontade de gritar






--

Foto: Nicola A.






Nenhum comentário:

Postar um comentário