segunda-feira, 29 de setembro de 2014

Desconstrução


Preciso soltar meus versos
Libertar meus poemas
Alforriar as minhas palavras
...das rimas
...dos sons
...da musa
Quero desconstruir o olhar
Os assuntos, variar
Esvaziar a mente
Observar as ideias
Fluir!
Sem escolher o que será dito
...escrito
...reescrito
Os pensamentos, calar
Concretizar as emoções
...a ação
O mundo, poetizar


(Flavia Alves)




--

Imagem: Kuhrissa


Decifrar


Eu lembro
Eu sinto
Percebo
Reflito
Creio que todas as pessoas, afinal
...são esfinges

Serei eu?


(Flavia Alves)




--


Arte: Golden fish, deviantART







quinta-feira, 25 de setembro de 2014

Aprendendo a amar a chuva


A luz que cintila
dos seus olhos escuros
...me hipnotiza, muda
Transforma meu mundo

 Você é o meu bem-querer
Meu amigo, amante e companheiro
Exemplo de serenidade
diante das adversidades da vida

Estou aprendendo contigo
...a amar as chuvas e as tempestades
Sua força e harmonia contagiam
...emanam paz e alegria



(Flavia Alves)






quarta-feira, 24 de setembro de 2014

Reflexão do Equinócio



A luz morna do sol
...aquece a minha pele
O vento, ainda frio
...provoca um certo contraste

Respiro

Penso nos sonhos, na vida
...no espelho
Penso em Krishna
...e em tudo aquilo que eu vejo

Cresço


(Flavia Alves)







Primavera


A luz mudou
Está mais brilhante
...clara!
O tempo esquentou
Suavizou
Dia e noite iguais

O equinócio chegou!


(Flavia Alves)






Essência

(para Leandro Mattos, pelo seu aniversário)

Acordar nos seus braços mais parece um sonhar
Compartilharmos os caminhos, lado a lado
...e sabermos que é benção, sorte e luz!
Acreditarmos em tantas facetas da realidade
...com quase a mesma vibração
Parece até coincidência

Mas, se pudermos ver além do olhar
...saberemos!

Temos, nós dois, a mesma essência.


(Flavia Alves)




TDAH

Estas poesias foram escritas para duas pessoas que eu amo profundamente 
e são muito importantes para mim.


Labirinto para ser decifrado
Desafio, objetivo
Querer compreender a sua dor
Olha além de mim mesma
Qual é o seu olhar para o mundo?
Qual o seu olhar para mim?
Acreditar em nós e em você
Conhecer e Aprender
Ver!


--


Queria ter percebido
Quero saber
Me angustiam os "ses"...
Quero entender
Olhar além, ver

As memórias se mesclam
...me confundem
Real e sonho se misturam
...se fundem

Estudo, leio, aprendo
Quero ser, para ti, alento
O tempo não pára!
A vida segue... caótica. 
Indomada!



(Flavia Alves)





quinta-feira, 18 de setembro de 2014

Dany


Muitas felicidades, Poetisa
Artista linda, face da alegria
Plena de luzes, de vida
...de alma multicolorida!


(Flavia Alves)





--


Arte: AquaJ, deviantART



terça-feira, 16 de setembro de 2014

Estrofes de amor

(todos escritos para Leandro Mattos)


Tenho que aqui registrar
O quanto amo o seu olhar
E tem mais, admito
Seu cheiro é o meu abrigo

--

Que amor é este?
Inesperado, chegou
Almejado, semeou
Essencial se tornou

--

Amor meu
Meu amor é teu
Estou apaixonada
Sinto-me plena e amada

--

Amor meu
Meu amor, teu
Nossa plenitude
Escolhas e atitude

--

Ânsia de viver contigo
De ser e de sermos
Expectativas e tanto sonhar
Tanta alegria de ser amada e amar

--

Ciclos, círculos
Aprendizados, vida
Ser e contigo estar
Vivermos a amar

--

O violeta dos Japamalas
O lilás do meu caderno
A luz de nossas jornadas
Nosso amor... eterno

--

Encontro que se traduz em paz
Alegria no dia-a-dia
Sonhos, risadas e esperança
Amizade, amor e harmonia

--

"18"

Alegria ímpar
Assumir o nosso amor
Juntos, a caminhar
Em um perene sonhar

--

Olhar incompleto, a buscar
Ouvir, querer escutar
Ajustes... arestas para aparar
Nosso amor, cultivar

--

Grata pelo nosso amor
Por cada beijo, abraço e gesto
Que a nossa amizade apenas cresça
Que a paz prevaleça!

--

Nossos laços
Admiração, carinho sincero
Início de jornada, cultivar de sonhos
Voar!




(Flavia Alves)

Busca

(poema dedicado para a minha turma... 
E, em especial, para Fabrícia e Izabella)


Busco um caminho
Onde está o meu destino?
Quero em meu trabalho acreditar
...para, este mundo, ajudar a transformar

Meu corpo está cansado
Minha visão, turva
Fecho os olhos, adormeço
De minha exaustão, esqueço

Tenho um sonho, meu
Que estou a perseguir
Tenho confiança e fé
Com coragem, irei conseguir

No caminho, encontro apoio
Amizade, força e inspiração
Vejo a luz e o renascer... Vibro!
Transformarei o sonhar em ação

Irei sorrir e cantar
Ligarei a arte, o brincar e a educação
Viverei, enfim, o que eu acreditar
Trilhar cada passo, com emoção


(Flavia Alves)




Poesia para Leandro Mattos

Vida que segue
...a me surpreender
Desencontros que trouxeram o encontro
Destino: Encontrar você

E o brilho nos seus olhos
Confirma os meus sentimentos
Foco no que sinto, em nosso amor
No Agora, neste momento

E os ecos de nossas risadas e suspiros
Vão, aos poucos, abafando qualquer soluçar
As lágrimas ficam no passado
...escolhemos o amar, o viver e o sonhar



(Flavia Alves)

Pai


Teu silêncio me angustia
Saudades de nossas conversas
Ilusões são, a distância e o tempo
Dói em mim o teu tormento...


(Flavia Alves)





--

Arte: Amanda Russian

Guerreira

Confiar no destino
Saber da colheita
Ter a consciência limpa
Ter a atitude de guerreira

Ser

Eu sou


(Flavia Alves)





Dor


A cabeça pesa. Cansaço...
A alma está machucada. Está?
A alma realmente se fere?
Humanos são limitados
...estou limitada

Minha alma está ferida? 
Será? O que difere?
 O que seria um ferimento real?
Humanos são limitados
...estou limitada

O que é real? O que é a dor?
Quais são os caminhos inesperados, 
que a vida me levará
Humanos são limitados
...estou limitada



(Flavia Alves)

Crescimento


A vida prossegue
em um transformar sem fim
O meu amor por ti apenas cresce
...e a tua importância para mim


(Flavia Alves)

Luz e Sombra


Sonho e realidade
...prosseguem a se mesclar

Irás tu amar as minhas sombras?
Quais serão as tuas?

Sejam quais forem
Saiba!

Meu coração é teu
...sou tua


(Flavia Alves)



--

Arte: Shelah Hortitz

Cuidados

(poesia escrita em Maio de 2014, para Leandro Mattos)

Hoje meu corpo arde em febre
Hoje é o início formal de nossa jornada...
E cá estás

A cuidar de mim...

Com teus belos e profundos olhos
...a me hipnotizar de amor
Com teus braços e teu zelo

A cuidar de mim...

E sinto teu carinho me amparando
E sinto-me amada por ti em cada instante

Tua presença, em minha vida
A cada dia
É mais e mais importante


(Flavia Alves)





Cultivar



Coragem para caminhar
Respiro para prosseguir
O sonhar... a lutar
Cultivando o amar


(Flavia Alves)



sexta-feira, 12 de setembro de 2014

Samsara


Roda que gira
Início, meio, fim
Círculo, jornada

Vidas a seguir
Aprendizado a fluir
Samsara

Crescer inevitável
Rio a seguir
Karma

Tarefas e destino
Escolhas, enfim
Dharma


(Flavia Alves)



Escolarizando o Mundo

(poesia escrita após ter assistido 
ao documentário "Escolarizando o Mundo", 
impactante e real)


Caixas, amarras
Sistema que pune
...que molda
Maltrata

Conhecimentos fragmentados
Valores deturpados
Sufocamento da afeição
Direcionamento da ação

Consumismo desenfreado
Sonhos roubados
Lágrimas de dor
Educação do horror

Perguntas que instigam
Questionamento que provoca
Diálogo que expõe a verdade
Olhar e ver... Ser!

Busca urgente
...de novos caminhos
Saber o que é real
Novo sonhar afinal

Focar no que é justo
Ao respeitar as diferenças, belas!
Usar múltiplas cores
Para, afinal, pintar novas telas



(Flavia Alves)







quinta-feira, 11 de setembro de 2014

Filha da Terra


Moça que ama os pássaros, filha da Terra
Irmã de todos, guerreira dos olhos de céu...
Desejo força para seus braços e alcance para a sua voz
Serenidade, harmonia e paz para seu coração
Saúde, garra e coragem para trilhar todas as suas jornadas
E a luz de ser, por todos, amada



(Flavia Alves)




--

Arte: Liennepien, deviantART

quarta-feira, 10 de setembro de 2014

Cinco


Se o quinto elemento é o amor
E a semente existia antes mesmo de te ver
Só pode ser história de outra vida
Este tão profundo bem-querer

O coração acelera, suspiro, perco o ar
Seus beijos fazem meu fogo despertar
Seu abraço é seguro como a terra
E a vida mais parece um sonhar

E é nas águas das emoções
Que vislumbro, deste amor, a fecundidade
Agradeço ao universo este encontro ansiado
...alegre, pleno, abençoado


(Flavia Alves)

quinta-feira, 4 de setembro de 2014

Escolha

(poesia escrita  no dia 18/05/2014, para Leandro Mattos)


Você me encanta
Minh'alma canta
O sentimento cresce
A amizade nos fortalece

Laços que não prendem, afeto
Crescente e bem-vindo bem-querer
Desejar você sempre por perto
Sonhar em sua amada ser

Bolhas, borboletas e risadas
Falafel, morango e canela
Sentir-me a sua namorada
Surpresa da vida, tão bela

Depende de mim e de você, esta ação
O amor é escolha, entrega
...construção

Meu nerd e querido arqueiro
Companheiro de sonhos, risadas
...desejos

Correndo todos os riscos, eu digo:
Quer, você, namorar comigo?


(Flavia Alves)



--

Imagem: Nona T, deviantART

Izabella & Marcio


Ser uma das testemunhas deste par
Fez meu coração transbordar
Pude ver uma profunda amizade
...a afeição, o cuidado, o carinho
Senti o amor, vibrando
...imenso, pleno. Contagiando!

Promessas para a alma
Encontro e enlaces
Ritual antigo, votos de felicidade
Bençãos sagradas do Universo
Início de nova jornada
...agora, juntos

Destino de amor

Verdade


(Flavia Alves)