terça-feira, 12 de agosto de 2014

Acróstico para meu Pai

(pequeno poema escrito no dia dos pais, 10 de agosto de 2014)

Hoje eu queria estar contigo
Um reflexo do amor que sinto
Meu pai amado, meu amigo
Baraúna e Gamai, tantos... infindos
Eterno aprendiz e guerreiro
Rara alma, questionadora e forte
Tonal e Nagual a equilibrar
O Ser e o Ver... degraus a superar


(Flavia Alves)



Nenhum comentário:

Postar um comentário