sexta-feira, 6 de junho de 2014

Evora


Eterno será o afeto dos que te amam
Vida breve tiveste, de luta e de luz
Olhar alegre, entre angústia e intensidade
Rio que segue o fluxo para o mar
Amizade maior... dos que ficam, saudade


(Flavia Alves)



Nenhum comentário:

Postar um comentário