domingo, 11 de maio de 2014

Semente


Respiro
A vida prossegue
...insiste
Noto a semente em minhas mãos
(ela está ali)
O quê devo fazer?
Devo semeá-la em meu coração e alma?
Aguardo?
Guardo?
A troca acontece...
Terás tu o mesmo receio?
Terás uma semente em tuas mãos?
Quais são teus sonhos e anseios?
Compartilharemos nossos mais sombrios segredos?
Estamos, eu e tu, diante de tantas possibilidades...
O quê escolheremos?
O quê, nós dois, faremos?
Iremos, as sementes, plantar?
Iremos escolher o amar?


(Flavia Alves)




Nenhum comentário:

Postar um comentário