domingo, 11 de maio de 2014

Catnip


Meu corpo chama o seu
Cheiro, sabor, suor
Calor, pele... nós dois
...um nó
Cabelos, saliva, olhares
...beijos
Abraços, toques, enlaces

Saudades

--

"Febre"

Quero contigo estar
Existe uma febre crescente em mim
Desejo tua pele, teu gosto e olhar
A realidade mais parece um sonhar

--

"Catnip"

Escutar tua voz me alegra
Sentir teu cheiro me embriaga
Mergulhar em teus olhos me faz sonhar e sorrir
Estou completamente viciada em ti

--

"Tesouro"

O sorriso torna-se risadas
O beijo multiplica-se em beijos
O abraço torna-se plural
Estar contigo deixa a minha alma leve
Flutuamos em ideias e pensamentos
O tempo, cruel, torna-se breve
E cada instante contigo, precioso momento

--

Posso querer sua voz?
Querer você?
Saiba que lhe desejo muito...
É um infinito bem-querer

--

"Cheiro"

Sentir teu corpo no meu
É alento, desejo, ardor
A saudade lateja, perturba
Aperta o coração
...provoca, na alma, a dor

O ouvido busca a tua voz
O beijo busca a tua boca
A pele grita pela tua

Querer crescente
Urgência do cheiro e do calor
Verdade doce e inesperada
Broto precioso de um novo amor

--

Será um encontro breve?
Será real?
Que o destino possa nos mostrar
...a paciência
...o zelo
...o desejo
...a cumplicidade
Quem sabe amor afinal?

--

Quero gritar minha alegria
Rir alto, divertida
Andar de mãos dadas contigo
Criar memórias para o futuro
Vida e alegria
...doce e bela nostalgia


(Flavia Alves)



--

Imagem: deviantART


Nenhum comentário:

Postar um comentário