sexta-feira, 20 de dezembro de 2013

Poesias

(deviantART)


Poesias me enlaçam, me arrebatam, me tiram o ar.
Não tomo jeito... Não tem jeito.
Algumas nem arranham a minha superfície...
Outras, me reviram completamente do avesso.

(Flavia Alves)



Nenhum comentário:

Postar um comentário