segunda-feira, 23 de dezembro de 2013

Pequenos poemas

(deviantART)


A distância dilacera o coração e a alma
Saudades do que eu não vivi nesta vida...
Memórias que atormentam, fragmentadas
Afeto sincero perdido... Esperança soterrada

*  *  *

Danço com Kali
Assim transformo a minha dor
Não temo mais a chuva
Sou luz, esperança e amor

*  *  *

Amor a me guiar
Sonhar sem hesitar
Urgência de transformação
Luz que emada do coração

*  *  *

Crescer através do errar
Vergonha seria não chorar
O segredo está em transformar
A escolha do sublimar


(Flavia Alves)


Um comentário: