quinta-feira, 13 de agosto de 2015

Focando em Krishna

Focar no Aqui e no Agora.
Respirar profundamente...
Meditação e Yoga.
Não lamentar. Não desejar.
Esvaziar a mente.
Cumprir o Dharma.
Jamais focar nos resultados das ações.
Sentir a impermanência.
Perceber os aprendizados.
Sentir o fluxo.
Entregar, em oferta, meus caminhos ao universo.
Mudar o olhar.
Agradecer e oferecer.
Apreciar.


(Flavia Alves)

Mais um 16 de agosto...

O tempo amortece
...mas não cura
Minha mente se agarra nas memórias
Penso na impermanência
No aprendizado...
Nos fluxos
Preciso aceitar a sua decisão
Não tenho opção
Já são 27 anos sem você...
Sem a sua voz
Sem o brilho do seus olhos claros
Sem o seu abraço físico
Sem o seu colo...

Você está viva em mim, mãe
E uma parte de mim, está contigo e sempre estará
No amor que sinto
Na amizade real que vivemos
Nos caminhos que juntas percorremos
No formato da minha boca
...em tantas outras coisas

A morte pode ser uma grande conselheira
...para todos

E esta brevidade de nossas vidas
...nossos encontros
...laços
...escolhas

Tornam o Agora precioso
...para quem percebe
...e vê
...e ama

Não existe eternidade além do amor


(Flavia Alves)


--

Arte: tailgun, deviantART




sexta-feira, 17 de julho de 2015

Poesia escrita por meu pai...

O medo do rio tornar-se oceano...
O medo da alma tornar-se infinita...
O medo do Tonal tornar-se Nagual...
O medo de vencer o primeiro inimigo...
 

(poesia de Humberto Nogueira Alves)




--
Arte: Stuukstly

quarta-feira, 15 de julho de 2015

Oceano

Quando o olhar de um só 
...tornar-se o olhar de muitos

Quando a voz que se cala
...erguer em vozes plurais
...pela vida e pela Terra-mãe

Perceberemos o que já somos

UM só

Entrelaçados e ligados

Um oceano cósmico 
...de possibilidades
...de luzes

De amor


(Flavia Alves)






quinta-feira, 9 de julho de 2015

Quinze

(6 de julho de 2015)

Sonhos que se mesclam
...e expandem
Crescem
E novos sonhos surgem
...brotam
Preenchem e sugerem
Iluminando as almas
(e corações)
Os abraços
...são mais do que abraços
Os laços
Etéreos e eternos
(amores)
Nossas escolhas, mãos, pernas
...e força
Nossas vidas, palco de nossas existências
...e temores
(e esperanças)
E criamos juntos tramas
...e memórias
Coadjuvantes e atores
Destino a seguir
Testemunhas vivas
...de nossas histórias
Lótus a abrir
Reluzir...


(Flavia Alves)