quinta-feira, 18 de setembro de 2014

Dany


Muitas felicidades, Poetisa
Artista linda, face da alegria
Plena de luzes, de vida
...de alma multicolorida!


(Flavia Alves)





--


Arte: AquaJ, deviantART



terça-feira, 16 de setembro de 2014

Estrofes de amor

(todos escritos para Leandro Mattos)


Tenho que aqui registrar
O quanto amo o seu olhar
E tem mais, admito
Seu cheiro é o meu abrigo

--

Que amor é este?
Inesperado, chegou
Almejado, semeou
Essencial se tornou

--

Amor meu
Meu amor é teu
Estou apaixonada
Sinto-me plena e amada

--

Amor meu
Meu amor, teu
Nossa plenitude
Escolhas e atitude

--

Ânsia de viver contigo
De ser e de sermos
Expectativas e tanto sonhar
Tanta alegria de ser amada e amar

--

Ciclos, círculos
Aprendizados, vida
Ser e contigo estar
Vivermos a amar

--

O violeta dos Japamalas
O lilás do meu caderno
A luz de nossas jornadas
Nosso amor... eterno

--

Encontro que se traduz em paz
Alegria no dia-a-dia
Sonhos, risadas e esperança
Amizade, amor e harmonia

--

"18"

Alegria ímpar
Assumir o nosso amor
Juntos, a caminhar
Em um perene sonhar

--

Olhar incompleto, a buscar
Ouvir, querer escutar
Ajustes... arestas para aparar
Nosso amor, cultivar

--

Grata pelo nosso amor
Por cada beijo, abraço e gesto
Que a nossa amizade apenas cresça
Que a paz prevaleça!

--

Nossos laços
Admiração, carinho sincero
Início de jornada, cultivar de sonhos
Voar!




(Flavia Alves)

Busca

(poema dedicado para a minha turma... 
E, em especial, para Fabrícia e Izabella)


Busco um caminho
Onde está o meu destino?
Quero em meu trabalho acreditar
...para, este mundo, ajudar a transformar

Meu corpo está cansado
Minha visão, turva
Fecho os olhos, adormeço
De minha exaustão, esqueço

Tenho um sonho, meu
Que estou a perseguir
Tenho confiança e fé
Com coragem, irei conseguir

No caminho, encontro apoio
Amizade, força e inspiração
Vejo a luz e o renascer... Vibro!
Transformarei o sonhar em ação

Irei sorrir e cantar
Ligarei a arte, o brincar e a educação
Viverei, enfim, o que eu acreditar
Trilhar cada passo, com emoção


(Flavia Alves)




Poesia para Leandro Mattos

Vida que segue
...a me surpreender
Desencontros que trouxeram o encontro
Destino: Encontrar você

E o brilho nos seus olhos
Confirma os meus sentimentos
Foco no que sinto, em nosso amor
No Agora, neste momento

E os ecos de nossas risadas e suspiros
Vão, aos poucos, abafando qualquer soluçar
As lágrimas ficam no passado
...escolhemos o amar, o viver e o sonhar



(Flavia Alves)

Pai


Teu silêncio me angustia
Saudades de nossas conversas
Ilusões são, a distância e o tempo
Dói em mim o teu tormento...


(Flavia Alves)





--

Arte: Amanda Russian